Salão Duas Rodas: CBR 600F é o destaque da Honda

18 de abril de 2014

Motocicletas – Atualidades

A Honda criou uma Fan Page no Facebook (www.facebook.com/sonhehonda) para a divulgação de seus produtos de maior cilindrada. A ação também faz parte da estratégia de marketing da empresa para promover o lançamento de uma nova moto com 600 cm³. Ainda que a montadora não confirme essa informação, a moto em questão é a CBR 600F, versão semi-carenada da já consagrada CB 600F Hornet. O modelo será um dos destaques da Honda no Salão Duas Rodas, que acontece entre 4 e 9 de outubro no Anhembi (SP). A nova opção do motociclista brasileiro que gosta de encarar a estrada vem para completar a linha de 600 cc da marca. Ou seja, ser “a irmã do meio” entre a Hornet e a CBR 600RR.

Mas quais são as semelhanças e diferenças entre as duas versões – naked e carenada? Ambas compartilham do mesmo motor DOHC (Double Over Head Camshaft), de 16 válvulas, quatro cilindros em linha e 599,3 cm³, gerando uma potência máxima de 102 cv a 12.000 rpm e torque de 6,5 kgfm a 10.500 rpm. O propulsor é dotado de injeção eletrônica de combustível e arrefecimento a líquido. O motor transmite agilidade no trânsito urbano e é bastante competente em viagens de final de semana.

Na parte ciclística, mais coincidências. A suspensão dianteira é do tipo garfo telescópico invertido “upside down” com bengalas de 41 mm de diâmetro e 120 mm de curso. Já a suspensão traseira é monoamortecida (monochoque), com regulagens de tensão e pré-carga da mola, e conta com 128 mm de curso.

Os freios e os pneus permanecem os mesmo tanto na versão naked, como no modelo touring. A versão utiliza freio dianteiro a disco duplo flutuantes, com cáliper de pistão duplo e diâmetro de 296 mm. Já o traseiro dispõe de disco de 240 mm e é acionado por cáliper de pistão simples. O que ainda não foi confirmado é se a Honda irá comercializar a CBR 600F com o sistema C-ABS, que distribui a frenagem e evita também o travamento das rodas. Mas, analisando o line-up da Honda, tudo indica que sim.

Comparando os dados técnicos entre as duas motos, as diferenças ficam por conta, obviamente, da semi-carenagem e da capacidade do tanque de combustível, que diminuiu – de 19 litros na Hornet passou para 18,4 litros na CBR 600F. A versão carenada pesa 206 kg, contra 200,4 kg da Hornet, ambas sem o sistema C-ABS.

Mercado competitivo
Hoje, as principais marcas do mercado brasileiro de duas rodas oferecem modelos com cilindradas que variam entre 600 e 650, vendidos nas versões com e sem carenagem. Faz parte deste seleto grupo a Kawasaki Ninja 650R, cuja versão naked recebe o nome de ER–6n; a veterana Suzuki Bandit, que também está disponível na versão S. Além das Yamaha XJ6 N (naked) e F (carenada). Portanto, a CBR 600F entra em um segmento promissor. Mais uma estratégia da Honda para aumentar ainda mais sua participação no mercado, que hoje ultrapassa 78%.

Outro fator que pesa a favor da vinda da CBR 600F são os próprios números de vendas registrados pela Hornet. A moto é líder do segmento naked, com 2.429 emplacamentos registrados entre janeiro e agosto, segundo dados da Fenabrave (federação que reúne os distribuidores de veículos). O modelo 2012 da naked da Honda, que chegou aqui menos de seis meses depois de seu lançamento na Europa, teve uma redução no preço sugerido pela fábrica. Agora, a versão standard custa R$ 30.800, enquanto a equipada com freios C-ABS sai por R$ 33.800. Podemos apostar, então, que a CBF 600F deverá custar algo em torno de R$ 33 mil, em sua versão básica.

Fotos: Divulgação

Carlos Eduardo Bazela

[Por:Moto.com.br]

Categoria: Automoveis








Vídeos relacionados

+ Slide
- Slide

Deixe Seu comentário

© 2014 Novo Melhor. All rights reserved. - Páginas mais acessadas