Conheça 5 coisas possíveis que já sabemos sobre o iPad 3

18 de abril de 2014

Conheça 5 coisas possíveis que já sabemos sobre o iPad 3   tecnologia apple

Da data de lançamento às características, o iPad 3, próxima geração do tablet da Apple, ainda está envolto em mistério. Como a Apple não fala sobre produtos futuros, as informações disponíveis  geralmente chegam da China, onde estão fabricantes que fornecem componentes para a empresa. Veja, aqui, o que esperar do futuro tablet.

  • 1. A Apple poderá ter mais de um modelo de tablet

Não há dúvida de que o mercado de tablets está se diversificando. Incapazes de enfrentar a Apple com dispositivos similares ao iPad, os fabricantes investem em modelos com diferentes formatos e tamanhos. Alguns exemplos são o Eee Pad Transformer, da Asus, que se converte em netbook; os múltiplos tamanhos da série Galaxy Tab, da Samsung; e o recém-anunciado Sony Tablet P, que pode ser dobrado ao meio para facilitar o transporte.



Confortável em sua posição de líder, a Apple não deve seguir esses exemplos. Mas é possível que a empresa passe a oferecer dois aparelhos distintos: um iPad HD (o nome não é oficial), mais caro; e um iPad básico, similar ao atual, que pode até ter seu preço um pouco reduzido se a concorrência apertar. É bom notar que isso já acontece, na prática, com o iPhone. Depois do lançamento do iPhone 4, a Apple continuou vendendo seu iPhone 3GS como opção mais barata.

  • 2. O novo iPad deve ser ainda mais fino e mais leve

O iPad 2 impressiona por sua leveza e pela espessura de apenas 8,8 milímetros. Mas, neste último quesito, ele já foi ultrapassado pelo Galaxy Tab 10.1, da Samsung, que tem 8,6 milímetros de espessura. Evidentemente, décimos de milímetro não fazem diferença na prática. Mesmo assim, é provável que a Apple tente recuperar a posição de fabricante do tablet mais fino do mundo.

Recentemente, o periódico Taiwan Economic News noticiou que dois fabricantes que fornecem componentes para a Apple estavam se preparando para produzir uma bateria mais fina e mais leve. A nova bateria também teria maior capacidade. A Apple pode usar essa capacidade extra para aumentar a autonomia do iPad (que já é bastante satisfatória) ou para alimentar um processador mais potente e mais sedento de energia.

  • 3. Há boas chances de haver um iPad 3 com internet 4G

Há vários indícios de que a Apple vem testando dispositivos com acesso à internet por meio da rede celular 4G LTE, que oferece velocidade muito superior à da rede 3G. Estações 4G LTE foram instaladas em algumas lojas da Apple e o sistema operacional iOS 5 traz referências a esse tipo de conexão. E, claro, há o fato de que outros fabricantes possuem aparelhos com essa tecnologia. Já foram anunciados modelos 4G do Galaxy Tab, da Samsung, e do BlackBerry PlayBook, da RIM, por exemplo. A tendência é que a conexão 4G LTE tome o lugar da 3G nos próximos anos. No Brasil, até a presidente Dilma Rousseff já disse que haverá redes 4G LTE em operação até o início da Copa de 2014.

A Apple não vai querer perder esse bonde. Mas é pouco provável que essa tecnologia apareça no iPhone 5, que tem seu lançamento previsto para outubro. O motivo é que ainda faltam chips adequados, que só devem chegar ao mercado no final do ano. As chances são muito maiores de a Apple incorporar a conexão 4G ao iPad 3, que deve ser lançado em 2012.

  • 4. A tela Retina, de alta resolução, ainda é incerta

A tela Retina do iPhone 4 impressiona pela qualidade. Muita gente gostaria de ver um display de alta resolução como aquele também no iPad 3. Os noticiários asiáticos já divulgaram, em várias ocasiões, que a Apple andou consultando fornecedores na tentativa de encontrar uma tela de maior resolução para o iPad. Em agosto, o Wall Street Journal noticiou que a tela do iPad 3 terá o dobro da resolução daquela que equipa o iPad 2 (2.048 por 1.536 pixels, em vez de 1.024 por 768). Para a Apple, seria uma maneira de reafirmar sua superioridade num momento em que a competição tende a se acirrar.

Mesmo assim, alguns especialistas mostraram-se céticos. Uma tela de resolução tão alta exigiria enorme poder de processamento. Os chips mais poderosos drenariam velozmente a energia das baterias. E o custo adicional da tela tenderia a elevar o preço do tablet. Considerando tudo isso, há quem ache que a Apple vai manter a resolução atual. Mas há outra possibilidade: como dissemos acima, a empresa poderá ter dois modelos – um HD, mais caro, e outro básico, com tela similar à atual.

  • 5. O iPad 3 deve ser lançado no início de 2012

Ao longo deste ano, circularam rumores com datas muito variadas para o lançamento do iPad 3. Houve até quem dissesse que o anúncio seria feito junto com o do iPhone 5, nas próximas semanas. Mas, aos poucos, as estimativas foram convergindo para o primeiro trimestre de 2012. O Wall Street Journal, por exemplo, disse, em agosto, que a Apple encomendou componentes que serão usados para a montagem de 1,5 milhão de unidades do novo iPad no último trimestre deste ano. Fabricando esse lote inicial, as montadoras vão afinar suas linhas de produção e começar a formar estoques para o lançamento no início de 2012.

  • Saiba mais sobre o iPad:
Categoria: Apple, Tecnologia








Vídeos relacionados

Deixe Seu comentário

© 2014 Novo Melhor. All rights reserved. - Páginas mais acessadas